quarta-feira, 9 de março de 2011

Flores: rosas

Março chegou. "Sê minha" - disse o vento à rosa.
E num bailado prodigioso fundiram-se numa explosão de paixão. Tão pura e inocente com as suas almas
dóceis, pelo destino - o amor.
Os meus desejos, um infinito incerto...

3 comentários:

  1. Filhota
    Não roubaste essa rosa á mamã??? Lindo!!!!
    Amo-te tanto (pa xempe)

    ResponderEliminar
  2. Por acaso não! Mas parece uma das tuas,não parece?
    lol
    Beijão

    ResponderEliminar